terça-feira, 19 de julho de 2016

Arara-azul-de-lear, Lear's Macaw

Mais uma prancha para o projeto "Aves Ameaçadas".
A Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) vive numa pequena região do interior da Bahia na Reserva Ecológica do Raso da Catarina e Reserva Biológica de canudos.
Alimenta-se principalmente dos coquinhos da palmeira Licuri (Syagrus coronata).
Original com 80cm x 60cm



quinta-feira, 14 de julho de 2016

Plate #2: Gallinules

Mais uma prancha para Princeton.
Uma pintura um pouco mais trabalhosa devido as diferenças de cores e tons principalmente para retratar corretamente o interior enegrecido de algumas delas como no caso do adulto e jovem de Azure Gallinule (Porphyrio flavirostris).
Todas as espécies são muito bonitas, destacando ainda mais a Purple Gallinule (Porphyrio matinica) com tons fantásticos de azul e verde.


quarta-feira, 13 de julho de 2016

O outro estúdio!

A Rebio Poço D´Anta é parte fundamental no meu trabalho e onde vou toda manhã de domingo. Lá eu recarrego as minhas energias, me divirto observando a fauna e flora e trabalho.
A região da grota, laje e acero são lugares bem conhecidos, mas existem outras trilhas, algumas desconhecidas, que levam a lugares bem interessantes com novas oportunidades de observar e gravar aves como ocorreu com o Spizaetus tyrannus, Grallaria varia e Batara cinerea, estas duas gravadas anos atrás. Mas me contento também com pássaros comuns na região e aqui estão alguns deles observados no 10 de julho.




Jardim dos gravatás na clareira dos passarinhos.




Arapaçu-escamado, Scaled Woodcreeper (Lepidocolaptes squamatus).


Viuvinha, Long-tailed Tyrant (Colonia colonus).


Miudinho, Eared-pygmy Tyrant (Myiornis auricularis).


Tangara, Swallow-tailed Manakin (Chiroxiphia caudata). 


segunda-feira, 11 de julho de 2016

Bonita espécies com ampla distribuição pelo Brasil e alguns países da América do Sul o Sabiá-una, Yellow-legged Thrush (Turdus flavipes) é um conhecido comedor de coquinhos. Por quase um mês tive a oportunidade de observar diariamente esta espécie no jardim aqui de casa. Duas palmeiras que cresceram juntas e estão com os cachos carregados servem de alimentos para as maritacas, maracanãs, araçaris, tucanos e sanhaços.
No dia 11 de junho, notei um macho de Sabiá-una pousado no Ipê-amarelo e que fazia voos constantes até os cachos de coquinhos e retornava ou pouso. Não deixou outras espécies de pássaros, como sanhaços e sabiás se aproximarem da palmeira, mas não se importava com aves maiores de comerem os preciosos manás, talvez intimidado pelo tamanho. Somente depois de ter acabado os coquinhos maduros é que o valente Sabiá-una foi embora.
Ainda tenho dois cachos com coquinhos verdes e espero que o passarinho retorne quando estiverem maduros!





Os coquinhos com 1,5cm  engolidos inteiros e o resultado regurgitado depois algum tempo..


terça-feira, 28 de junho de 2016

Bicudo, Great-billed Seed-Finch (Sporophila maximiliani)

Bicudo (Sporophila maximiliani)
Grafite sobre papel.
Desenho simples e rápido, tema de uma logo para um projeto do Prof. Dr. Luis Fábio Silveira Curador Associado das Coleções Ornitológicas do Museu de Zoologia da USP.


Harpia no braço

Harpia tatuada e tinha que ser de uma pintura minha, então está aí!
Tiago foi aprovado em 8º lugar, 82 pontos em redação, na Universidade Federal de Juiz de Fora na área que sempre desejou... Engenharia Ambiental e Sanitária. Deixou o pai coruja muito orgulhoso! :)
Um presente prometido e agora realizado!
O tatuador é muito bom. Dentro da sua concepção, conseguiu reproduzir muito bem meu trabalho.



Amethyst Woodstar and Horned Sungem

E o novo projeto "Terra Papagalli - Beija-flores" continua voando!
Mais duas espécies vão se juntar as outras tantas em São Paulo.
Estrelinha-ametista, Amethyst Woodstar (Calliphlox amethystina) com fêmea no ninho e Chifre-de-ouro, Horned Sungem (Heliactin bolophus), um casal em flor de Gaylussacia brasiliensis.
Originais com 52cm x 37cm.




Lear's Macaw, Arara-azul-de-lear

Mais um esboço para o projeto "Aves Ameaçadas" de iniciativa privada.
Em vez de uma ave, duas serão pintadas na mesma prancha tendo ao fundo paisagem do Raso da Catarina, Bahia.
Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) tem cerca de 75 cm, alimenta-se principalmente dos coquinhos da palmeira Licurí (Cyagrus coronata) e vive numa pequena região no sertão baiano do Raso da Catarina e Canudos.



domingo, 26 de junho de 2016

Rebio Poço D ´Anta and Black Hawk-Eagle

O dia amanheceu frio e com nuvens , mas o sol logo apareceu e a manhã foi muito produtiva. Apesar de calada a passarinhada estava lá e na hora de ir embora pude observar um lindo Gavião-pega-macaco (Spizaetus Tyrannus) descansando numa árvore grande. Bicho incrível, ficou por algum tempo e voou pro meio da mata. Fiz alguns esboços que depois publico aqui, mas por enquanto vai uma pintura rápida em guache.
Abração gente!





segunda-feira, 13 de junho de 2016

Rebio Poço D ´Anta e esboços

Final de semana com observações e esboços das espécies na Rebio.
Dia frio e com sol. Sempre vale a pena uma volta na região.
Espécie como o Pica-pau-rei (Campephilus robustus) pode ser observada na trilha que segue para o Horto por dentro da mata. Tenho acompanhado uma fêmea que aparece para comer pequenas larvas num tronco apodrecido.





sexta-feira, 10 de junho de 2016

Aves Ameaçadas, Udu-de-coroa-azul (Momotus momota marcgraviana) (final)

Está finalizado mais uma prancha para o projeto, "Aves Ameaçadas".
Original com 80cm x 60cm.




segunda-feira, 23 de maio de 2016

Plate #4: Medium-large rails

Completando a Plate #4: Medium-large rails para Princeton.
Jovens.


quarta-feira, 11 de maio de 2016

Beija-flor-de-gravata-vermelha, Hooded Visorbearer

Pintura em andamento do Beija-flor-de-gravata-vermelha (Augastes lumachella) para o novo livro Terra Papagalli - Beija Flores.
Original com 52cm x 37cm.



Aves Ameaçadas, Udu-de-coroa-azul (Momotus momota marcgraviana) (04)

Trabalhando na vegetação com bromélia, troncos galhos e cipós.
Original com 80cm x 60cm.


Parque estadual do Ibitipoca (04)

Foram dois dias excelentes!
O hotel que ficamos possui vários chalés aconchegantes e está situado próximo ao Parque no meio da mata.
Voltaremos com certeza!




Parque estadual do Ibitipoca (03)

Conseguimos!!!
Depois de 15 km de caminhada... nosso chalé!
Alguém vivo??? rsrsrsrs


Parque estadual do Ibitipoca (02)

A companhia dos meus filhos e companheiros inseparáveis de campo foi incrível!
Tiago pensou que poderia voar diante da altura e o beijo do Ricardo no final do dia me deixou feliz sabendo que mesmo cansado ele estava realizado com o que observamos e aprendemos.
Visitamos vários locais importantes, como:

Lombada.

Janela do céu.

Gruta dos três arcos. 

Lago dos espelhos. 

Pico do pião.

Caminho do Pico do pião. 

Indo embora, próximo a portaria.